Seguidores

9 de novembro de 2009

A Melhor Religião do Mundo

De todas as intolerâncias que pairam nessa nossa escola chamada Terra, talvez uma das mais absurdas seja a Intolerância Religiosa. Ainda hoje persistem as discussões estéreis sobre qual Deus é melhor: o Seu ou o Meu? E sob este pretexto insano muito se mata e muito se morre no mundo contemporâneo. Segue uma linda reflexão sobre o tema...

"A resposta do Dalai Lama é perfeita. Pena que os milhões de adeptos de várias religiões que existem no planeta não pensem assim e continuem se matando.

Leonardo Boff explica:

No intervalo de uma mesa-redonda sobre religião e paz entre os povos, na qual ambos participávamos, eu, maliciosamente, mas também com interesse teológico, lhe perguntei em meu inglês capenga:

- Santidade, qual é a melhor religião?

Esperava que ele dissesse:

- É o budismo tibetano ou são as religiões orientais, muito mais antigas do que o cristianismo.

O Dalai Lama fez uma pequena pausa, deu um sorriso, me olhou bem nos olhos - o que me desconcertou um pouco, por que eu sabia da malícia contida na pergunta - e afirmou:

- A melhor religião é a que mais te aproxima de Deus. É aquela que te faz melhor.

Para sair da perplexidade diante de tão sábia resposta, voltei a perguntar:

- O que me faz melhor?

Respondeu ele:

- Aquilo que te faz mais compassivo (e aí senti a ressonância tibetana, budista, taoísta de sua resposta), aquilo que te faz mais sensível, mais desapegado, mais amoroso, mais humanitário, mais responsável... A religião que conseguir fazer isso de ti é a melhor religião...

Calei, maravilhado, e até os dias de hoje estou ruminando sua resposta sábia e irrefutável."

Recebi por e-mail, mas pesquisando na internet encontrei esta fonte: http://www.eurooscar.com/Dalai1/dalai13.htm

33 comentários:

  1. Política, religião e futebol, não se discute, já dizia meu avô! Cada um tem sua opinião, sua crença. E tentar "converter" o outro é bobagem. Trata-se de viver e respeitar o outro!
    Bjão!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Denize!
    Excelente post... Palavras e lições sábias devem ser sempre passadas adiante, né?
    Um beijo grande, amiga!
    das

    ResponderExcluir
  3. A religião que vem do céu é verdade e ela é intolerante com relação às doutrinas errôneas; segundo, a religião que vem do céu é caridade e ela é cheia de tolerância quanto às pessoas"

    ResponderExcluir
  4. grande Dali, religião é a ligação do homem a Deus n.o meu entender não existe melhor; o que conta é a fé

    ResponderExcluir
  5. Lembremos q religião não é só nos aproximarmos de Deus!! É ir até o Céu e trazer pra Terra osdons de Deus, q o Dalai Lama citou sabiamente!!

    Bjs Denize!! É sempre bomvir aqui!!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Denise, concordo plenamente com o texto. De que vale ter uma religião se ela não melhora em nada o carater de uma pessoa, não a torna mais humana, mais solidária, mais indulgente, e menos orgulhosa,não é mesmo?
    Parabéns pela excelente matéria.

    ResponderExcluir
  7. Denize, amei sua postagem. Pode acreditar que quase todas as semanas eu penso justamente nisso?!?! Eu não consigo entender por que tem pessoas que querem afirmar que a religião deles é melhor. Melhor é onde nos sentimos bem, nem que seja rezar dentro de casa. O melhor é ter fé! Deus é único, apenas Ele mesmo em vários idiomas.

    ResponderExcluir
  8. Olá amiga Denise, belo texto. De que adianta seguir uma certa religião e não mudares o jeito de tratar o próximo, o respeito a DEUS e seus semelhantes, se só fizeres maldades...? DEUS é um só, relegião têm várias, basta seguir aquela que te faz sentir mais junto de DEUS, com amor e caridade.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  9. Concordo contigo, Claudinha! Religião não se discute, a forma com a qual as pessoas se relacionam com Deus só a elas diz respeito. Querermos impor nossas verdades aos outros não faz o menor sentido. Bjs Denize

    ResponderExcluir
  10. Sem dúvida, Dani! Achei este texto tão interessante que trouxe para compartilhar com os amigos. É uma linda lição para todos nós! Bjs Denize

    ResponderExcluir
  11. Realmente amigo, quando penso nas coisas que vem do Céu, várias palavras me vem a mente: Amor, Caridade, Compaixão, Perdão, Tolerância... E quanto mais essas coisas se disseminarem pela nossa Terra, mais rapidamente nosso planeta se tornará um lugar melhor para se viver. Obrigada por comentar. Abs Denize

    ResponderExcluir
  12. Eu também entendo assim, Ismaelita. Tudo que nos liga a Deus e nos torna melhores, vale a pena. E a fé é tudo de bom... Adorei seu comentário. Bjs Denize

    ResponderExcluir
  13. Oi Ebrael, adorei o que você falou. Buscar os dons de Deus. Se fizermos isso, com certeza nos tornaremos pessoas melhores, através da religião.

    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Oi João, adorei sua colocação! Eu também acho que uma religião que não nos torna pessoas melhores, perde completamente o sentido. Abs Denize

    ResponderExcluir
  15. Eu concordo com você, Sissym! Mas a verdade é que a intolerância aparece sob as mais diversas formas. Acho que todos temos, em algum momento, uma tendência natural de querermos impor nossas verdades, mesmo que seja com o objetivo de ajudar. Qual de nós pode afirmar que nunca foi intolerante em alguma situação específica? Acho que uma das coisas mais difíceis é aceitarmos que os outros tem o direito de serem diferentes de nós. Todos temos trajetórias diferentes, cada um de nós tem suas crenças e verdades, e temos que ser respeitados, você não acha? Abs Denize

    ResponderExcluir
  16. Muito interessante teu comentário, Claudine. E às vezes, acontece isso mesmo. Algumas pessoas se dizem religiosas e nem sequer tentam ser caridosas com as pessoas que as cercam. Fica tão sem sentido...

    Bjs

    Denize

    ResponderExcluir
  17. Que Post Fantástico!
    Amiga Denize:
    Fiquei refletindo um pouco sobre as sábias palavras contidas no texto. De uma parte, um doutor em teologia com uma pergunta capciosa, -bem é ele quem afirma- e de outra a resposta de um mestre.
    Bem, analisando com total imparcialidade o tema, na minha santa miopia, notei que a resposta também remete a quase afirmar que, quase todas as religiões estão certas, para tanto se faz necessário ter sensibilidade para encontrar os princípios de cada uma.
    Em essência, quem se encontra a serviço de tantas agressões são os membros de algumas religiões amparados em suas doutrinas capengas que não leva a lugar nenhum.
    Eu acho que a verdadeira religião, dentro da religião, no homem e com o homem se dá quando ele descobre o caminho da simplicidade, quando ele se ampara na pureza de propósitos no trato com todos, aí ele se liga ou liga o seu mundo ao mundo de Deus com a energia Amor. Deus é Amor, religião verdadeira é Amor e o resto é blá,blá, blá.
    Parabéns por mais uma excelente matéria!
    Fraternalmente,
    LISON.

    ResponderExcluir
  18. Muito lindo post. O Dalai, com toda sua sabedoria se saiu bem. Embora saiba que é ingenuidade minha, continuo rezando para que algum dia as religiões acabem, pois nada jamis matou tanto quanto as religiões. Elas só servem para dividir e/ou tirar dinheiro dos seus rebanhos.É pena que as pessoas não se deem conta que as religiões foram criadas pelos homens, portanto - imperfeitas, falhas. Não precisamos delas para ter contato com a divindade. É simples assim.
    grande beijo
    Atena

    ResponderExcluir
  19. Denize,

    Juro que arrepiei. Que linda a resposta do Dalai Lama. Não importam os caminhos se todos estes te levam a DEUS. O fato de acreditar Nele já te eleva à condição de crente.

    Beijos no seu coração,

    Herval

    ResponderExcluir
  20. Jesus era judeu, nascido em Belém da Judéia, mas ele não receitou judaísmo a ninguém, porque religião não possui peso algum que possa redimir o homem de seus pecados. A Nicodemos, nobre judeu, doutor da Lei de Moisés, Jesus disse:"É necessário nascer de novo" (João 3; 3). Ou se é uma nova criatura e se é salvo, ou permanece o homem a imagem de Adão e será condenado. "Portanto quem está em Cristo, nova criatura é, as coisas velhas já passaram e eis que tudo fez-se novo". Não importa a religião, o que vale é ser nascido da Palavra de Deus e do Espírito Santo (João 5; 3 e Gálatas 6; 15).

    ResponderExcluir
  21. Oi Lison, achei muito inteligente a tua análise do texto e partilho da tua opinião desta questão.

    Pensei duas vezes antes de liberar esta postagem, porque não tenho a menor intenção de causar polêmica. Respeito demais as crenças e também as descrenças dos meus semelhantes. Acho que todos devem se conduzir como melhor lhes pareça, desde que não prejudiquem ninguém. Mas o caráter pacífico deste texto me encantou quando li a primeira vez e achei que poderia ser positivo partilhar.

    Minha interpretação do texto é um pouquinho diferente da sua. A resposta não me parece remeter a nenhuma Doutrina ou Religião específica. Acho que se refere a religião no sentido mais abrangente possível. A Religião que é amor, como você colocou tão bem e nos liga automaticamente com as forças celestes. A Religião que nos torna melhores.

    A forma com a qual expressamos nossa religiosidade, depende das escolhas pessoais de cada um de nós. Mas quando essa expressão se afasta dos ideais de Amor, Caridade, Simplicidade, Compaixão, Tolerância e Respeito, penso que ela se torna vazia e perde o sentido.

    É isso que entendi do texto que quis partilhar com os amigos.

    Adorei teu comentário! Partilhamos muitas opiniões e visões de vida, amigo! Faz tempo que observo isso e admiro muito suas posturas, você sabe. Sou muita grata por me honrar com a sua amizade.

    Grande Abraço!

    Denize

    ResponderExcluir
  22. Denize Oliveira (blogdacomentarista.blogspot.com)
    respondeu em 07/08/2010 16:02
    Oi Atena, gostei muito de ver você comentando aqui.

    Realmente, muitas vezes a diversidade de Religiões causam problemas.

    Mas eu particularmente não vejo problema no fato das pessoas se reunirem para expressarem sua religiosidade. Já participei de alguns eventos religiosos e pude sentir uma energia ótima no ambiente.

    Penso que existem diversas Religiões porque as pessoas são diferentes e se identificam com aquilo a que se afinizam. Temos diversos graus de entendimento, de visões de vida e também trajetórias diferenciadas. Isso reflete diretamente nas escolhas que fazemos.

    Acredito que as dificuldades ocorrem em função de radicalismos sem sentido, onde alguns tentam impor suas verdades e suas crenças e não respeitam a diversidade que citei acima.

    Penso como você, que não precisamos de internediários para concretizar nossa interação com as Forças Celestes. Mas conheço muita gente que precisa e não acho que estejam errados em agir nesse sentido.

    Só lamento por aqueles que, tendo a oportunidade de orientar e consolar seus irmãos em humanidade, abusam da boa-fé das pessoas para tirar vantagens pessoais ou mesmo para incentivar intolerâncias descabidas. Estes terão uma colheita sombria como fruto das sementes equivocadas que estão plantando nos corações alheios. Mas penso que esses são poucos.

    A grande maioria das pessoas que tem a responsabilidade de servir às pessoas nos ambientes religiosos, encaram seu "ministério" como uma missão sublime. Tive o privilégio de conhecer vários que atuam nesse sentido. Verdadeiros abnegados.

    Opa, você me deu o que pensar e me alonguei na reposta.

    Adorei teu comentário.

    Bjs

    ResponderExcluir
  23. Oi Herval, eu também me encantei quando li este texto. Quanta sabedoria em tão poucas linhas...

    Penso que nos preocupamos demais com o que vamos encontrar do lado de lá do "muro" e esquecemos muitas vezes de fazer o nosso melhor do lado de cá.

    E concordo com você, acredito que não importam os caminhos, todos chegaremos onde temos de chegar, cada um do seu jeito, leve o tempo que levar...

    Bjs

    ResponderExcluir
  24. Oi Marco, obrigada por partcipar aqui e trazer a sua visão desta questão! Abs

    ResponderExcluir
  25. Não adianta todos falarem de igualdade / sabedoria / tolerância... No fundo, todos acreditam que a sua religião (em última instancia) é a correta / certa e/ou verdadeira... Como sempre acontece, todo mundo acha que mito é a religião dos outros...

    Minha opinião sobre isso?

    Bem, eu vejo a religião como uma escolha pessoal... Se te faz bem, ótimo... Bom pra você... Mas, é ai que mora o problema... Enquanto é só pra você tudo bem, o problema é quando querem enfiar sua “religiosidade” goela a baixo das pessoas ao seu redor. Esse papo de converter os outros é que gera a maioria dos problemas ligados a religião... Se bem que esse é um mau hábito que as religiões ensinam aos seus seguidores...


    A gente não pode generalizar, mas a maioria daqueles que seguem (de verdade) uma religião querem que o mundo a sua volta reflita a sua visão religiosa... Já evoluímos muito alem desse ponto, e temos muito mais a avançar... Quando (e se um dia, coisa que eu não acredito) as pessoas aprenderem a ter respeito de verdade uns pelos outros, seremos seres humanos melhores (com ou sem religião)...

    Minha religião?

    Não tenho, sou ateu.

    ResponderExcluir
  26. Grande Dalai =)
    Concordo em gênero, número e grau.
    Se a religião te aproxima de Deus, te faz bem e te leva a fazer o bem, é a certa.
    Belo post ;)

    http://deixequepensem.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  27. a melhor religiao eh a que faz vc sentir que deus tocou em seu coracao

    ResponderExcluir
  28. Oi Fábio, achei muito interessante teu comentário. E pelo que observei, minha visão quase não difere da sua.

    Da forma como entendo. o problema não está nas religiões, mas numa minoria de religiosos que aparentemente não conseguiram entender a essência delas, interpretando-as de forma a acreditar que a sua é melhor e que têm o dever de convencer os outros de partilhá-las, quer eles queiram ou não.

    Para mim é esse o estopim das intolerâncias e desrespeitos que vemos eventualmente.

    O que relamente importa, como os ideais de caridade, amor, solidariedade, compaixão, e inclusive respeito e tolerância acabam ficando em segundo plano.

    Como você salientou muito bem, não se pode jamais generailizar sobre esta tema.

    A visão que esse texto traz e que resolvi compartilhar me parece uma bela indicação da melhor maneira da gente se conduzir nesta questão.

    Minha religião? Já fui espírita militante, hoje sou apenas simpatizante, já que tem muitos anos que não frequento um centro espírita.

    De tudo que vivencio, leio, aprendo, tiro as minhas próprias conclusões e com base nelas direciono meus passos. E é minha escolha pessoal exercer minha religiosidade de forma, digamos assim, autõnoma, mas sem jamais desrespeitar as crenças e descrenças dos meus semelhantes.

    Obrigada pela sua participação aqui.

    Abs

    Denize

    ResponderExcluir
  29. Oi Talita, então concordamos, obrigada pela participação. Abs

    ResponderExcluir
  30. Oi Rafel, você acha que o melhor é não ter nenhuma religião? Pois eu discordo, acho que a fé faz um bem "danado".

    Também te agradeço a participação.

    Abs

    ResponderExcluir
  31. Oi Luneta, uma bela definição a sua... Abs

    ResponderExcluir
  32. Caros colegas concordo que religião de nada serve, aos amigos religiosos peço desculpas, mas sem ofender, queria deixar aqui não as minhas palavras porque não sou melhor que ninguém, mas a voz da palavra de Deus.
    Na palavra de Deus encontramos respostas para as mais diversas questões, para viver uma vida de responsabilidae e amor, parece fácil, mas não é, Deus sabe disso!
    Quero deixar aqui para os colegas um pensamento,a humanidade não precisa de uma religião (um grupo de pessoas alienadas as suas próprias idéias e interesses), mas precisa de Jesus e sua luz, os seu ensinamentos são perfeitos e sem medo de errar posso dizer que aprendi a olhar para as pessoas com outros olhos (mais respeito).

    Não devemos nos apegar aos ensimamentos humanos (religião), pois nós somos suscetível ao erro todos os dias, mas quem nunca falhou pode nos ensiar o caminho do amor e do respeito, Jesus nunca teve religião, a palavra do evangelho é luz e vida, salvação, paz, longanimidade.

    Não devemos discutir ou pregar religião, é simples, Jesus é o caminho a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai se não por mim (João 14.6)
    Um abraço a todos!

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante e esse espaço é seu. Aqui você pode concordar, discordar, ensinar, enfim, passar a sua visão e experiência de vida. E sempre procuro responder a todos.

Só tem um detalhe: comentários agressivos e com palavrões não serão publicados, porque vão de encontro à proposta deste blog, que é contribuir ainda que modestamente, para a Paz e Harmonia.

Desde já agradeço a atenção.